top of page
Buscar

Pimenta tipo exportação

Atualizado: 17 de set. de 2022

Fernanda Pimenta retorna de intercâmbio na Europa e apresenta os processos de duas residências em teatro de bonecos e palhaçaria.

Pimenta Desfaz as Malas - 03/09/2022


Neste último sábado, 03 de setembro, a Oficina Cultural Gepetto deu as boas vindas e recepcionou a atriz Fernanda Pimenta, que chega de viagem pela Europa, onde desenvolveu parte do projeto Resid(ir)... Pimenta em Conexão. Por lá, ela realizou duas residências: uma em Amsterdam, na Duda Paiva Company, com quem desenvolveu os primeiros passos de um trabalho com bonecos; e outra em Tarragona, Espanha, com a Cia Pepa Plena, com quem reformulou um espetáculo já existente, estrelado pela espevitada palhaça Malagueta.


Por aqui, o projeto ofereceu a oficina Palhaçaria de Muié, que durante três dias apresentou aos participantes um pouco da metodologia e das técnicas de criação do seu trabalho de palhaça e do universo da palhaçaria feita por mulheres, com suas particularidades e temas de interesse.


Finalmente, no sábado, tivemos o encontro Pimenta Desfaz as Malas, cuja ideia era compartilhar com o público as experiências da artista e apresentar parte dos trabalhos desenvolvidos no intercâmbio, que ainda estão em processo de montagem. O encontro aconteceu naquele clima de descontração e fraternidade, com comidinhas e cervejinha, do qual quem já conhece a Gepetto deve se lembrar. Era o ambiente perfeito para que Fernanda tirasse da mala os seus projetos, tão despretensiosos quanto cativantes.


Primeiro assistimos à sua cena com Gervásio, um senhor que até tenta se controlar, mas o álcool lhe exerce um domínio irresistível. A frustração com a própria fraqueza, aquele pesar envergonhado de quem, de tanto ouvir, já aceitou que “não tem jeito mesmo”... Tudo isso está estampado na cara de Gervásio, um boneco. Em seus traços tem ainda um ar de displicência e ebriedade, num conjunto muito expressivo. Um trabalho rico e muito bem feito de Izabela Nascente na confecção do boneco.


Pelo bem do humor, Gervásio não se leva tão a sério. Mas Fernanda Pimenta o faz. Sua incursão no universo dos bonecos chama a atenção pela meticulosidade e pela composição organizada do todo. Fernanda tem uma intuição precisa para a fisicalidade, para corporificar outros seres. Gervásio está vivo da cabeça aos pés, é um boneco orgânico e fluido, talento na construção de personagem que a atriz já demonstrava no espetáculo Quando se Abrem os Guarda-Chuvas, com crítica disponível aqui no GO Teatro.


No aspecto dramatúrgica, é notável a exploração da relação entre ator e boneco, que se desdobra de forma instigante. Ela se estabelece pelo diálogo, ao princípio, mas desaparece ao longo da cena, quando Gervásio é a única presença no palco. Quando Fernanda retorna, é com surpresa que nos lembramos que tinha mais alguém ali. Esse jogo enriquece a cena com dramaticidade e humor; e ainda denota o espírito curioso da artista, que está sempre experimentando.


Seguindo com o evento, assistimos a um curta-metragem documental com registros da residência e falas de Duda Paiva e da artista Pepa Plena. O material é singelo, tem a força da pessoalidade e o conteúdo casa com a experiência das cenas. E ainda tem um pouco mais do Gevásio para se apreciar.


Na última apresentação, assistimos à primeira cena do espetáculo Malagueta na Labuta, que foi concebido em 2021, de forma online. O trabalho passou por uma reconfiguração com orientação da artista Pepa Plena e ainda teremos a oportunidade de assisti-lo completo. Aqui, Fernanda se desdobra no universo da palhaçaria. O humor ainda vai afinar um pouco mais, o trabalho tem muito potencial, e nos deixa curiosos pelo que aguarda Malagueta, uma diarista vaidosa e, claro, muito atrapalhada.


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page